Caso da viatura “Jabiraca” repercute e Setor de Garagem da SSP responde Sinpol/MA

Após denúncia do Sinpol/MA, viatura “Jabiraca” deve ser encaminhada para o Setor de Garagem da SSP

Sobre o caso da viatura da Central de Flagrantes de Timon, apelidada de “Jabiraca”, denunciado pelo Sinpol/MA (relembre aqui), na última segunda-feira (20), o Supervisor de Transportes da Secretaria de Segurança Pública, Miguel Angel Sales, em comentário realizado na publicação da matéria, garante que não há necessidade do veículo em questão operar nas condições atuais, visto que toda solicitação, encaminhada ao setor de garagem da SSP, é  IMEDIATAMENTE atendida.

Agilidade na solução. A resposta foi bem clara.

Portanto, se a viatura da sua unidade necessita de qualquer tipo de conserto ou substituição, solicite os serviços do departamento de garagem da SSP, para que efetue a manutenção ou troca dos carros.

4 comentário sobre “Caso da viatura “Jabiraca” repercute e Setor de Garagem da SSP responde Sinpol/MA

  1. Nilson disse:

    Caríssimos colegas do sindicato dos Policiais Civis,

    Na qualidade de Investigador de Polícia Civil e também de gestor da Supervisão de Transportes SSPMA (e não Garagem da SSP, conforme constam no texto original e no ‘remendo’ acima), e especialmente por estar incumbido de gerenciar a frota deslocada ao interior do estado, embora no esforçasse em sentido contrário, não pude evitar de também participar da discussão e contribuir com necessárias palavras.
    A fim de, primeiramente, ratificar a fala do Supervisor Miguel, no sentido de que qualquer necessidade de abastecimento e ou manutenção em veículos pertencentes à frota SSPMA, basta simples oficio dirigido à Supervisão com identificação do automóvel, sua quilometragem e dos serviços que se fizerem necessários para imediato encaminhamento a uma das oficinas credenciadas para análise, orçamento prévio e consequente execução; E, também para complementar os dados outrora informados no sentido de que no caso específico daquela Delegacia Regional de Timon há dois servidores especificamente deslocados pelo Exmo. Sr. Delegado Regional, o Dr. Humaitã, para fazerem ‘a ponte’ com esta Supervisão e que condensam os pedidos de manutenção, sendo eles o colega IPC Célio e o Adm. Edilson, e acredito que a vinculação da matéria não poderia ter se dado da forma depreciativa que se efetuou se qualquer desses servidores tivessem sido ouvidos, pois são co-responsáveis pela prestação do serviço naquela região geográfica e detém a prerrogativa de nos contatar sempre que se fizer necessário, sendo que mantemos contatos frequentes para tratar de conserto e manutenção de nossos veículos.
    Deve-se informar, ainda, que desde que assumimos a função de gerir a frota do interior a Supervisão de Transportes SSPMA buscou aumentar a rede credenciada nas principais cidades do interior do estado, visando não só suprir as carências locais, mais também para poder ‘socorrer’ as viaturas e os colegas policiais que em deslocamento pelo interior do estado necessitassem de auxílio mecânico. E mais uma vez no caso específico de cidade de Timon, dispomos de uma empresa prioritariamente destinada ao fornecimento e instalação de pneumáticos, qual seja, Lojão dos Pneus.
    Há de se mencionar ainda que investimentos em novas viaturas e na infraestrutura das Unidades Policiais é necessidade contínua, ininterrupta e perpétua, atinente a todo e qualquer Secretário de Segurança, porém a atual gestão concede a Supervisão de Transportes SSPMA a liberdade e respaldo necessários ao bom desempenho de nossos misteres, que podem ser atestados tanto pelos números hodiernos de gastos com conserto e manutenção, tanto pela avaliação dos servidores que fazem uso dos nossos serviços de modo direto.
    Comente-se ainda que a nós não cabe “troca dos carros”‘ como afirmado no ‘remendo’ da matéria, mas tão somente conserto, manutenção e abastecimento. Sendo que nessas searas garanto que todos estão sendo muitíssimos bem atendidos e com suas pretensões respondidas no menor tempo já praticada por esta Supervisão. Com o adendo de que todos os atos de conserto e manutenção são criteriosa e celeremente analisados e cujas itens orçados, inseridos e devidamente quitados estão a disposição de qualquer servidor interessado de modo a conceder transparência aos nossos atos e propiciar a gestão compartilhada onde o detentor do veículo pode acompanhar junto a oficina o serviço a ser realizado, melhorando assim sua qualidade e realizando um ato de fiscalização ‘in loco’.
    Ressalte-se que acima que qualquer interesse político ou de grupo de pressão, a atual composição de gestores da Supervisão de Transportes SSPMA alí se encontra para fazer uma gestão de todos os servidores, para zelar pelos bens e recursos públicos que se encontram em nossa responsabilidade e para propiciar que os quase 1000 veículos atualmente destinados à Secretaria de Estado da Segurança Pública possam trafegar de modo que ofereçam segurança e conforto aos seus usuários. No entanto, a solicitação de reparos e peças de reposição para cada um dos veículos é atribuição de seus detentores, pois diante a carga de serviços e responsabilidades que nos são acometidas e humanamente impossível que saibamos que um dos quase mil veículos e que se encontra a mais de 400 quilômetros de distância de nossa sede administrativa precisa de pneus ou outra peça.
    Aproveito a oportunidade para solicitar a visita do sindicato a nossa sede administrativa para propor idéias e sugestões objetivas de como melhorar ainda mais nossa prestação de serviço, tendentes sempre a atingir o interesse público, respeitando os princípios da administração pública e economia da gestão de recursos.
    Atenciosamente,

    IPC Nilson D. de Souza, Em exerc. na Supervisão de Transportes, Mat. 1136811

  2. Nilson disse:

    Caríssimos colegas do sindicato dos Policiais Civis,

    Na qualidade de Investigador de Polícia Civil e também de gestor da Supervisão de Transportes SSPMA (e não Garagem da SSP, conforme constam no texto original e no ‘remendo’ acima), e especialmente por estar incumbido de gerenciar a frota deslocada ao interior do estado, embora no esforçasse em sentido contrário, não pude evitar de também participar da discussão e contribuir com necessárias palavras.
    A fim de, primeiramente, ratificar a fala do Supervisor Miguel, no sentido de que qualquer necessidade de abastecimento e ou manutenção em veículos pertencentes à frota SSPMA, basta simples oficio dirigido à Supervisão com identificação do automóvel, sua quilometragem e dos serviços que se fizerem necessários para imediato encaminhamento a uma das oficinas credenciadas para análise, orçamento prévio e consequente execução; E, também para complementar os dados outrora informados no sentido de que no caso específico daquela Delegacia Regional de Timon há dois servidores especificamente deslocados pelo Exmo. Sr. Delegado Regional, o Dr. Humaitã, para fazerem ‘a ponte’ com esta Supervisão e que condensam os pedidos de manutenção, sendo eles o colega IPC Célio e o Adm. Edilson, e acredito que a vinculação da matéria não poderia ter se dado da forma depreciativa que se efetuou se qualquer desses servidores tivessem sido ouvidos, pois são co-responsáveis pela prestação do serviço naquela região geográfica e detém a prerrogativa de nos contatar sempre que se fizer necessário, sendo que mantemos contatos frequentes para tratar de conserto e manutenção de nossos veículos.
    Deve-se informar, ainda, que desde que assumimos a função de gerir a frota do interior a Supervisão de Transportes SSPMA buscou aumentar a rede credenciada nas principais cidades do interior do estado, visando não só suprir as carências locais, mais também para poder ‘socorrer’ as viaturas e os colegas policiais que em deslocamento pelo interior do estado necessitassem de auxílio mecânico. E mais uma vez no caso específico de cidade de Timon, dispomos de uma empresa prioritariamente destinada ao fornecimento e instalação de pneumáticos, qual seja, Lojão dos Pneus.
    Há de se mencionar ainda que investimentos em novas viaturas e na infraestrutura das Unidades Policiais é necessidade contínua, ininterrupta e perpétua, atinente a todo e qualquer Secretário de Segurança, porém a atual gestão concede a Supervisão de Transportes SSPMA a liberdade e respaldo necessários ao bom desempenho de nossos misteres, que podem ser atestados tanto pelos números hodiernos de gastos com conserto e manutenção, tanto pela avaliação dos servidores que fazem uso dos nossos serviços de modo direto.
    Comente-se ainda que a nós não cabe “troca dos carros”‘ como afirmado no ‘remendo’ da matéria, mas tão somente conserto, manutenção e abastecimento. Sendo que nessas searas garanto que todos estão sendo muitíssimos bem atendidos e com suas pretensões respondidas no menor tempo já praticada por esta Supervisão. Com o adendo de que todos os atos de conserto e manutenção são criteriosa e celeremente analisados e cujas itens orçados, inseridos e devidamente quitados estão a disposição de qualquer servidor interessado de modo a conceder transparência aos nossos atos e propiciar a gestão compartilhada onde o detentor do veículo pode acompanhar junto a oficina o serviço a ser realizado, melhorando assim sua qualidade e realizando um ato de fiscalização ‘in loco’.
    Ressalte-se que acima que qualquer interesse político ou de grupo de pressão, a atual composição de gestores da Supervisão de Transportes SSPMA alí se encontra para fazer uma gestão de todos os servidores, para zelar pelos bens e recursos públicos que se encontram em nossa responsabilidade e para propiciar que os quase 1000 veículos atualmente destinados à Secretaria de Estado da Segurança Pública possam trafegar de modo que ofereçam segurança e conforto aos seus usuários. No entanto, a solicitação de reparos e peças de reposição para cada um dos veículos é atribuição de seus detentores, pois diante a carga de serviços e responsabilidades que nos são acometidas e humanamente impossível que saibamos que um dos quase mil veículos e que se encontra a mais de 400 quilômetros de distância de nossa sede administrativa precisa de pneus ou outra peça.
    Aproveito a oportunidade para solicitar a visita do sindicato a nossa sede administrativa para propor idéias e sugestões objetivas de como melhorar ainda mais nossa prestação de serviço, tendentes sempre a atingir o interesse público, respeitando os princípios da administração pública e economia da gestão de recursos.
    Atenciosamente,

    IPC Nilson D. de Souza, Em exerc. na Supervisão de Transportes, Mat. 1136811

  3. Nilson Souza disse:

    Caríssimos colegas do sindicato dos Policiais Civis,
    Na qualidade de Investigador de Polícia Civil e também de gestor da Supervisão de Transportes SSPMA (e não Garagem da SSP, conforme constam no texto original e no ‘remendo’ acima), e especialmente por estar incumbido de gerenciar a frota deslocada ao interior do estado, embora no esforçasse em sentido contrário, não pude evitar de também participar da discussão e contribuir com necessárias palavras.
    A fim de, primeiramente, ratificar a fala do Supervisor Miguel, no sentido de que qualquer necessidade de abastecimento e ou manutenção em veículos pertencentes à frota SSPMA, basta simples oficio dirigido à Supervisão com identificação do automóvel, sua quilometragem e dos serviços que se fizerem necessários para imediato encaminhamento a uma das oficinas credenciadas para análise, orçamento prévio e consequente execução; E, também para complementar os dados outrora informados no sentido de que no caso específico daquela Delegacia Regional de Timon há dois servidores especificamente deslocados pelo Exmo. Sr. Delegado Regional, o Dr. Humaitã, para fazerem ‘a ponte’ com esta Supervisão e que condensam os pedidos de manutenção, sendo eles o colega IPC Célio e o Adm. Edilson, e acredito que a vinculação da matéria não poderia ter se dado da forma depreciativa que se efetuou se qualquer desses servidores tivessem sido ouvidos, pois são co-responsáveis pela prestação do serviço naquela região geográfica e detém a prerrogativa de nos contatar sempre que se fizer necessário, sendo que mantemos contatos frequentes para tratar de conserto e manutenção de nossos veículos.
    Deve-se informar, ainda, que desde que assumimos a função de gerir a frota do interior a Supervisão de Transportes SSPMA buscou aumentar a rede credenciada nas principais cidades do interior do estado, visando não só suprir as carências locais, mais também para poder ‘socorrer’ as viaturas e os colegas policiais que em deslocamento pelo interior do estado necessitassem de auxílio mecânico. E mais uma vez no caso específico de cidade de Timon, dispomos de uma empresa prioritariamente destinada ao fornecimento e instalação de pneumáticos, qual seja, Lojão dos Pneus.
    Há de se mencionar ainda que investimentos em novas viaturas e na infraestrutura das Unidades Policiais é necessidade contínua, ininterrupta e perpétua, atinente a todo e qualquer Secretário de Segurança, porém a atual gestão concede a Supervisão de Transportes SSPMA a liberdade e respaldo necessários ao bom desempenho de nossos misteres, que podem ser atestados tanto pelos números hodiernos de gastos com conserto e manutenção, tanto pela avaliação dos servidores que fazem uso dos nossos serviços de modo direto.
    Comente-se ainda que a nós não cabe “troca dos carros”‘ como afirmado no ‘remendo’ da matéria, mas tão somente conserto, manutenção e abastecimento. Sendo que nessas searas garanto que todos estão sendo muitíssimos bem atendidos e com suas pretensões respondidas no menor tempo já praticada por esta Supervisão. Com o adendo de que todos os atos de conserto e manutenção são criteriosa e celeremente analisados e cujas itens orçados, inseridos e devidamente quitados estão a disposição de qualquer servidor interessado de modo a conceder transparência aos nossos atos e propiciar a gestão compartilhada onde o detentor do veículo pode acompanhar junto a oficina o serviço a ser realizado, melhorando assim sua qualidade e realizando um ato de fiscalização ‘in loco’.
    Ressalte-se que acima que qualquer interesse político ou de grupo de pressão, a atual composição de gestores da Supervisão de Transportes SSPMA alí se encontra para fazer uma gestão de todos os servidores, para zelar pelos bens e recursos públicos que se encontram em nossa responsabilidade e para propiciar que os quase 1000 veículos atualmente destinados à Secretaria de Estado da Segurança Pública possam trafegar de modo que ofereçam segurança e conforto aos seus usuários. No entanto, a solicitação de reparos e peças de reposição para cada um dos veículos é atribuição de seus detentores, pois diante a carga de serviços e responsabilidades que nos são acometidas e humanamente impossível que saibamos que um dos quase mil veículos e que se encontra a mais de 400 quilômetros de distância de nossa sede administrativa precisa de pneus ou outra peça.
    Aproveito a oportunidade para solicitar a visita do sindicato a nossa sede administrativa para propor idéias e sugestões objetivas de como melhorar ainda mais nossa prestação de serviço, tendentes sempre a atingir o interesse público, respeitando os princípios da administração pública e economia da gestão de recursos.
    Atenciosamente,

    IPC Nilson D. de Souza, Em exerc. na Supervisão de Transportes, Mat. 1136811

  4. Nilson Souza disse:

    “Caríssimos colegas do sindicato dos Policiais Civis,
    Na qualidade de Investigador de Polícia Civil e também de gestor da Supervisão de Transportes SSPMA (e não Garagem da SSP, conforme constam no texto original e no ‘remendo’ acima), e especialmente por estar incumbido de gerenciar a frota deslocada ao interior do estado, embora no esforçasse em sentido contrário, não pude evitar de também participar da discussão e contribuir com necessárias palavras.
    A fim de, primeiramente, ratificar a fala do Supervisor Miguel, no sentido de que qualquer necessidade de abastecimento e ou manutenção em veículos pertencentes à frota SSPMA, basta simples oficio dirigido à Supervisão com identificação do automóvel, sua quilometragem e dos serviços que se fizerem necessários para imediato encaminhamento a uma das oficinas credenciadas para análise, orçamento prévio e consequente execução; E, também para complementar os dados outrora informados no sentido de que no caso específico daquela Delegacia Regional de Timon há dois servidores especificamente deslocados pelo Exmo. Sr. Delegado Regional, o Dr. Humaitã, para fazerem ‘a ponte’ com esta Supervisão e que condensam os pedidos de manutenção, sendo eles o colega IPC Célio e o Adm. Edilson, e acredito que a vinculação da matéria não poderia ter se dado da forma depreciativa que se efetuou se qualquer desses servidores tivessem sido ouvidos, pois são co-responsáveis pela prestação do serviço naquela região geográfica e detém a prerrogativa de nos contatar sempre que se fizer necessário, sendo que mantemos contatos frequentes para tratar de conserto e manutenção de nossos veículos.
    Deve-se informar, ainda, que desde que assumimos a função de gerir a frota do interior a Supervisão de Transportes SSPMA buscou aumentar a rede credenciada nas principais cidades do interior do estado, visando não só suprir as carências locais, mais também para poder ‘socorrer’ as viaturas e os colegas policiais que em deslocamento pelo interior do estado necessitassem de auxílio mecânico. E mais uma vez no caso específico de cidade de Timon, dispomos de uma empresa prioritariamente destinada ao fornecimento e instalação de pneumáticos, qual seja, Lojão dos Pneus.
    Há de se mencionar ainda que investimentos em novas viaturas e na infraestrutura das Unidades Policiais é necessidade contínua, ininterrupta e perpétua, atinente a todo e qualquer Secretário de Segurança, porém a atual gestão concede a Supervisão de Transportes SSPMA a liberdade e respaldo necessários ao bom desempenho de nossos misteres, que podem ser atestados tanto pelos números hodiernos de gastos com conserto e manutenção, tanto pela avaliação dos servidores que fazem uso dos nossos serviços de modo direto.
    Comente-se ainda que a nós não cabe “troca dos carros”‘ como afirmado no ‘remendo’ da matéria, mas tão somente conserto, manutenção e abastecimento. Sendo que nessas searas garanto que todos estão sendo muitíssimos bem atendidos e com suas pretensões respondidas no menor tempo já praticada por esta Supervisão. Com o adendo de que todos os atos de conserto e manutenção são criteriosa e celeremente analisados e cujas itens orçados, inseridos e devidamente quitados estão a disposição de qualquer servidor interessado de modo a conceder transparência aos nossos atos e propiciar a gestão compartilhada onde o detentor do veículo pode acompanhar junto a oficina o serviço a ser realizado, melhorando assim sua qualidade e realizando um ato de fiscalização ‘in loco’.
    Ressalte-se que acima que qualquer interesse político ou de grupo de pressão, a atual composição de gestores da Supervisão de Transportes SSPMA alí se encontra para fazer uma gestão de todos os servidores, para zelar pelos bens e recursos públicos que se encontram em nossa responsabilidade e para propiciar que os quase 1000 veículos atualmente destinados à Secretaria de Estado da Segurança Pública possam trafegar de modo que ofereçam segurança e conforto aos seus usuários. No entanto, a solicitação de reparos e peças de reposição para cada um dos veículos é atribuição de seus detentores, pois diante a carga de serviços e responsabilidades que nos são acometidas e humanamente impossível que saibamos que um dos quase mil veículos e que se encontra a mais de 400 quilômetros de distância de nossa sede administrativa precisa de pneus ou outra peça.
    Aproveito a oportunidade para solicitar a visita do sindicato a nossa sede administrativa para propor idéias e sugestões objetivas de como melhorar ainda mais nossa prestação de serviço, tendentes sempre a atingir o interesse público, respeitando os princípios da administração pública e economia da gestão de recursos.
    Atenciosamente,

    IPC Nilson D. de Souza, Em exerc. na Supervisão de Transportes, Mat. 1136811

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *