POLÍCIA CIVIL EM AÇÃO: homem é preso com arma de fogo e fios de cobre no Distrito Industrial de Piquiá

Policiais Civis da 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Açailândia, na manhã desta quarta-feira (06 de dezembro/2017), prenderam em flagrante um homem, por porte ilegal de arma de fogo e SUSPEITO de receptação, no distrito Industrial do Piquiá.

Segundo as informações policiais por volta das 08:00 horas, a polícia civil recebeu uma denúncia anônima através do telefone da 9ª DRP-A/ onde a denúncia dava conta que o proprietário de um SUCATÃO conhecido como ZEDEK Localizado no Piquiá, nesta cidade, possuía uma ESCOPETA, no interior das instalações do referido SUCATÃO, com a qual fazia ameaças as pessoas.

Diante da fundada suspeita ao se deslocarem até o local da denúncia, sendo que ao chegarem lá foram recebidos pelo senhor FRANK (irmão do proprietário do SUCATÃO identificado como ZEDEK), de imediato FRANK informou que seu irmão não se encontrava no local, ocasião em que os POLICIAIS informaram ao mesmo sobre a denúncia que haviam recebido, e na ocasião perguntaram se havia alguma arma naquele local, tendo recebido resposta positiva de que tinha “SIM” uma arma, levando os policiais até o escritório do estabelecimento, onde o homem pegou uma 01 ESPINGARDA calibre “36”, sem marca e sem numeração aparente, juntamente com três (03) munições intactas do calibre “44” e quatro (04) cartuchos intactos do calibre “36”. Na oportunidade o irmão do proprietário do SUCATÃO (FRANK) informou que a referida arma pertencia à um SENHOR identificado previamente como ROMUALDO, o qual tinha emprestado a arma para seu irmão o ZEDEK. Sendo o senhor ROMUALDO dono de outro SUCATÃO, localizado próximo ao POSTO FISCAL DA SEFAZ, no distrito de PIQUIÁ. Em trabalho de vistoria no interior do estabelecimento os INVESTIGADORES, entraram dentro de um quarto, onde foi encontrado fios de cobre, ar condicionados em sacos de fibra, APARENTANDO serem FIOS NOVOS de ALTA TENSÃO, cortados em pedaços.

Diante do exposto OS POLICIAIS perguntaram sobre à origem de tais FIOS, o SUSPEITO respondeu que aquele material não possuía nota fiscal, e que o mesmo havia comprado de terceiros. Em diligência a equipe da PC se deslocou até o SUCATÃO do senhor ROMUALDO, onde foi indagado ao mesmo se ele era o real proprietário da ESPINGARDA encontrada no SUCATÃO DE ZEDEK, o qual negou que a arma não era de sua propriedade.

Para a conclusão do caso foi CONVIDADO a virem prestar mais ESCLARECIMENTOS na permanência da 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil os SENHORES; FRANK CESAR CARVALHO COELHO e ROMUALDO GODÉ DA SILVA, juntamente com a ESPINGARDA, as munições e os FIOS de cobre encontrados no SUCATÃO de ZEDEK.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *