Sinpol participa do 17º Congresso da Cobrapol

A diretoria do Sinpol-MA, representando os policiais civis do Maranhão, participou do 17º Congresso Nacional da Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), sediado na cidade de Belém-PA.

Thelso Bruno, Neto Waquim e Luís Guilherme

O sindicato foi representado pelo diretor-Administrativo  Thelso Bruno, o diretor de Relação de  Formação Sindical Neto Waquim, e o diretor de Relação Intersindical, Luís Guilherme.

Diretorias do Sinpol Ceará, Sinpol Piauí e Sinpol Maranhão

O evento ocorreu nos dias 04, 05 e 06 de setembro e teve como tema “Mudanças no modelo de Administração da Polícia Civil brasileira e estratégias para a ocupação dos espaços políticos nas esferas municipal, estadual e federal”.

Na solenidade de abertura, os 100 policiais mortos em 2017, no Rio de Janeiro, e os demais colegas falecidos, foram lembrados e homenageados, com um minuto de silêncio.

Representantes de todas as unidades da federação e afiliadas da COBRABOL, debateram atividades administrativas, como a prestação de contas da Cobrapol, e temas que possuem impacto sobre a categoria policial civil de todo o país, como a Lei Geral da Polícia Civil e a reestruturação dos sindicatos, federações e confederações após a reforma trabalhista.

Na oportunidade, Neto Waquim relatou sobre o deplorável estado de calamidade que se encontra o prédio da Central de Flagrantes de Timon. Segundo ele, presos permanecem por mais de cinco dias encarcerados em celas provisórias, além de policiais civis serem deslocados para a realização de escolta de presos da unidade prisional de Timon para a audiência de custódia. Por último, solicitou uma nota de repúdio que fosse proclamada no decorrer da realização do evento. Por unanimidade, a nota de repúdio foi aprovada pelo plenário.

Os demais diretores do Sinpol-MA abordaram as dificuldades que o estado vem enfrentando, como a precariedade em delegacias do Maranhão, cada dia mais esvaziadas, e funcionando em prédios alugados e insalubres; baixo efetivo; falta de valorização; desvio de função; assédio moral; entre outros problemas.

A atividade ainda contou com a presença do Ministro de Integração Nacional, Helder Barbalho, que se mostrou disponível em ser parceiro das agendas da Cobrapol. Ele falou também da importância do encontro para a análise, reflexões e proposições, para um dos problemas mais complexos e importante do nosso país, que é a segurança. “Este ambiente se transforma em um ambiente de criação de idéias, de onde se consolidarão projetos que devem ser enviados as esferas públicas, tanto a nível federal como estadual e municipal, para que juntas contribuam para que o Pará e o Brasil encontrem o caminho da Paz Social, tão almejada pela sociedade e por todos nós” ressaltou o ministro.

Sinpol-MA em articulação com o novo presidente da Cobrapol, André Guterrez

Durante a realização do congresso, foi dada a posse ao novo presidente da Cobrapol, André Gutierrez, em substituição ao presidente anterior, Jânio Gandra, que renunciou ao cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *